Agricultura

Agricultura de jardinagem

A agricultura de jardinagem é uma expressão que se originou no sul e sudeste do território asiático. Esse sistema de cultivo, típico da Ásia, se caracteriza pelo predomínio de pequenas propriedades, uso de técnicas milenares de elevada produtividade, geralmente manuais. È muito comum nessas regiões a rizicultura (cultivo de arroz).

O cultivo é, na maioria das vezes, feito por proprietários de terras e seus familiares. Obtêm-se a alta produtividade pelo uso de sementes selecionadas, fertilizantes e aplicação de avanços biotecnológicos e de técnicas de preservação do solo que trazem a essas famílias a possibilidade de se fixar por maior tempo.

agricultura jardinagem

plantação de hortaliça

Embora tenha a rizicultura como principal atividade, também se produz através da agricultura de jardinagem variados tipos de cereais e hortaliças.

Países como as Filipinas, Tailândia, Indonésia, entre outros, por apresentares taxas de densidade demográficas elevadas, levam famílias a contares com áreas inferiores a um hectare. Já os países que passaram por reformas agrárias (como é o caso de Japão e Taiwan) e também dos localizados em zonas tropicais, perto dos grandes centros urbanos fizeram com que as condições de produção e trabalho melhorassem, devido a investimentos para as novas safras.

Na China houve um significativo aumento de produtividade a partir do ano de 1976, após a morte de Mao-tsé-tung. Lá predominam condições de trabalho precárias e propriedades pequenas. A produção agrícola tem sido substituída pela utilização de contingentes de mão de obra.

A agricultura de jardinagem apesar de possuir pequenos territórios, não utiliza máquinas, pois possui muita mão de obra que acaba substituindo o uso destas, sendo ainda uma agricultura do tipo ofensiva.

agricultura jardinagem2

agricultura de jardinagem

Fonte:

: http://soumaisenem.com.br/geografia/estrutura-agricola-brasileira/estrutura-agricola-brasileira-sistemas-de-cultivo-e-impactoshttp://soumaisenem.com.br/geografia/estrutura-agricola-brasileira/estrutura-agricola-brasileira-sistemas-de-cultivo-e-impactos – acesso em 07/09/2013

Stephanie

Agricultura dos Estados Unidos

A agricultura dos Estados Unidos é a mais moderna do mundo. Com produção e produtividade elevadas, sendo, grande exportadora de alimentos.

No avanço da agricultura, o espaço territorial dos Estados Unidos foi sendo organizado em faixas, segundo o tipo de produto cultivado. Essas faixas recebem o nome de belts, ou seja, “cinturões”. Na criação desses “cinturões”, as condições de solo e de clima exerceram bastante influência.

Praticamente todo o espaço territorial dos Estados Unidos é aproveitado pela agricultura. Até mesmo nas regiões de clima seco ela é praticada utilizando-se um sistema de irrigação bastante eficiente.

plantação americana

plantação americana

Espalhados por todo o país existem centros de pesquisa voltados para a agricultura e a criação de gado. São obtidas melhores mudas e sementes, são desenvolvidas novas técnicas de produção, estocagem de produtos e comercialização, fazendo dos Estados Unidos o principal produtor agrícola do mundo.

Existem três características marcantes dessa agricultura: a forte presença de empresas que atuam em vários países do mundo, principalmente na América Central; a existência de áreas agrícolas especializadas, e o elevado grau de mecanização em todas as etapas do processo, desde o cultivo até o beneficiamento do produto.

realização de colheita

realização de colheita

Fonte: http://www.sosestudante.com/geografia/agricultura-nos-eua.html – acesso em 07/09/2013

Marcelly

Subsídios agrícolas: Cenário Mundial e sua importância no Japão

Subsídio agrícola é a ajuda financeira que o governo oferece aos agricultores para que estes consigam aumentar e melhorar a qualidade de suas produções. A ajuda do governo faz com que a agricultura do país avance, o que favorece a economia.

A questão dos subsídios é um ponto de divergência no comércio mundial. Há muito tempo, os países-membros da OMC ( Organização Mundial do Comércio ) tentam uma cordo sobre regrar e parâmetros de comércio e esbarram justamente nesta questão.

Atualmente os paíse que mais se beneficiam com a política são os desenvolvidos. Através da ajuda do governo, produzem mercadoria suficiente e acessível para o mercado interno e para a exportação, o que compromete a competitividade com os produtos dos países em desenvolvimento.

Pode-se citar como exemplo os produtos brasileiro comparados aos americanos. Devido ao grande subsídio ( 18% ), os EUA suprem seu mercado interno e conseguem ainda que seus valores de exportação sejam menores que os do Brasil, que possuí um subsídio de apenas 5% . Isto prejudica o comércio brasileiro significavelmente.

Diante dos impasses nas relações das questões comerciais, alguns países em desenvolvimento estão tomando as providências mais adequadas ao momento econômico atual, com base nas perspectivas de desenvolvimento comercial.

O milho é um produtos afetados pelo subsídio

O milho é um produtos afetados pelo subsídio

No Japão o cenário dos subsídios é diferente em comparação aos EUA. Buscando suprir às necessidades da população, o governo oferece subsídios significativos aos agricultores ( 60% ).

De todo o território japonês, apenas uma pequena parte é propícia para o plantio. Além disso o clima também desfavorece a qualidade da produção.

Em um país onde a população é de 127,8 milhões de habitantes, a ajuda do governo é uma questão de necessidade. O setor agrícola japonês permanece protegido da competição estrangeira, mas mesmo assim, o Japão é um dos maiores importadores mundiais. 

Fonte:  http://ictsd.org/i/news/pontesquinzenal/41954/#sthash.VJKa8nlC.dpuf – acesso em 05/09/2013

Bárbara

Agricultura Orgânica

A agricultura orgânica é um sistema de produção que tem por objetivo preservar a saúde do meio ambiente, assim a produção de alimentos e demais produtos vegetais é feita sem a utilização de fertilizantes sintéticos, agrotóxicos ou pesticidas em geral. Esses insumos químicos são substituídos por processos biológicos. Na agricultura orgânica evita-se também o cultivo por monocultura, que é a plantação de um único gênero agrícola, e então se incentiva a rotação de cultura. Assim com essas práticas pode-se manter uma determinada plantação protegida de pragas e doenças de maneira natural.

A hidroponia é a técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta.

A hidroponia é a técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta.

No Brasil a agricultura orgânica foi regulamentada em 2007, estando em trigésimo quarto lugar no ranking dos países que exportam produtos orgânicos. Os estados brasileiros que mais se destacam na produção são Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Os principais alimentos orgânicos produzidos no Brasil são representados pela soja que ganha com 31% seguida de hortaliças (27%) e café (25%). A maior área plantada é com frutas (26%), depois cana (23%) e palmito (18%).

organica2

Á seguir algumas vantagens e desvantagens dos produtos orgânicos.

Vantagens

– Os alimentos são nutritivos e saborosos;

-Mantêm o solo fértil, respeitando-o;

-Biodiversidade, impedindo o desaparecimento de sementes.

Desvantagens

-Os alimentos são mais caros;

-Produtividade mais baixa do que a demanda.

Fonte:  http://www.agricultura.gov.br/ e http://www.sebrae.com.br/ – acesso em  01/09/2013

Ana Luiza

Por que as pessoas no mundo ainda passam fome?

Atualmente, a produção mundial de alimentos de origem agropecuária é capaz de alimentar toda a população do planeta. Mas com pesquisas feitas em 2009, foi detectado que 1 bilhão de pessoas não tinham acesso a alimentação adequada, além de milhares de crianças que morrem diariamente por consequência direta ou indireta da má alimentação. A crise econômica, que ocorreu em 2007 e 2008, também contribui para o crescimento no número de subnutridos no mundo, no total, 870 milhões de pessoas sofrem de desnutrição no mundo.

Esses fatos demonstram que o aumento da produção agrícola mundial não atingiu igualmente todas asregiões do planeta.  A fome mundial, não possui uma causa única, ela pode ter origem em um conjunto de fatores, desde ordem natural, econômica e social ou por questões políticas.

Mas pesquisas feitas recentemente, mostram que o número de pessoas passando fome caiu mais do que o esperado entre 1990 e 2007. Essas estimativas são baseadas em uma metodologia aperfeiçoada e dados mais completos para as duas últimas décadas, afirmaram as agências em um comunicado à imprensa.

Desde 2007, o progresso global na redução da fome diminuiu e se estabilizou o que obriga os países a tomar medidas adequadas para que possam cumprir o Objetivo de Desenvolvimento do milênio que é reduzir a proporção de pessoas que sofrem de fome pela metade até 2015, segundo o relatório.

fome

A fome provém da falta de alimentos que atinge um número elevado de pessoas no Brasil e no mundo.

Apesar dos grandes avanços econômicos, sociais, tecnológicos, a falta de comida para milhares de pessoas no Brasil continua.

Por conta principalmente da desigualdade de classes sociais no país. a falta de dinheiro faz com que cerca de 32 milhões de pessoas passem fome, mais 65 milhões de pessoas que não ingerem a quantidade mínima diária de calorias.

Mesmo sendo um país onde os recordes de produção agrícola se modificam de maneira crescente no decorrer dos anos, enquanto a fome faz parte do convívio de um número alarmante de pessoas.

Mas dados divulgados, revelam que o Brasil reduziu 53% a proporção de brasileiros que passam fome, com base nos dados de 1990-92.

Com esses dados, o Brasil atinge dois anos antes do prazo, o Objetivo de Desenvolvimento do milênio, reduzir pela metade a proporção de pessoas com fome até 2015.

Além disso, segundo um relatório, o país conseguiu reduzir o percentual de subnutridos de 14,9%.

Mais uma vez, a solução parece para essa questão parece distante, já que envolve uma série de fatores estruturais que estão impregnados na sociedade brasileira.

slogan de campanha brasileira

slogan de campanha brasileira

Fonte: http://www.infoguiamais/a-fome/fomezerobrasil – acesso em 06/09/2013

Clarissa

Governo Vargas

Olga – O filme

  • DireçãoImagem: Jayme Monjardi
  • Elenco: Caco Ciocler, Camila Morgado
  • Nome Original: Olga
  • Ano: 2004
  • Duração: 141 min
  • País: BRA
  • Classificação: 14 anos
  • Gênero: Drama

Olga Benário nasceu em Munique, na Alemanha, em uma família de judeus. Seu pai, Léo Benário, era um advogado democrata e sua mãe, uma dama da alta sociedade.

Desde muito nova, Olga se identificava com ideais revolucionários e, não recebia o apoio de sua família, que era mais conservadora.

Aos 15 anos, Olga entrou para o Partido comunista e em 1926 acabou sendo presa por traição, mas foi libertada poucas semanas depois. Ela era designada para participar de missões pelo partido. Em 1928, ela liderou uma dessas missões para libertar seu companheiro Otto Braun, comunista e revolucionário, que havia sido sentenciado à prisão, Olga e outros companheiros invadiram o Tribunal de Justiça e o ajudaram a fugir.

Em 1935, Olga foi designada para uma missão, cujo objetivo era levar em segurança o líder comunista brasileiro, Luis Carlos Prestes de volta ao Brasil. Para isso eles se passaram por um casal português, porém durante a viagem, eles acabaram se apaixonando.

Luis Carlos Prestes foi líder da Coluna Prestes devido a sua grande influência e popularidade, Getúlio Vargas resolveu criar uma lei que permitia prender todos que se opusessem ao seu governo, a partir daí, Prestes que já estava de volta, começou a viver às escondidas, juntamente com Olga, que não voltou à Alemanha para ficar no Brasil com ele.

Prestes tinha o objetivo de unir militares, tenentes e comunistas para fazer uma Revolução Comunista contra o governo autoritário de Vargas, para isso fundou a Aliança Libertadora Nacional.

Este movimento ficou conhecido como Intentona Comunista, porém fracassou, Prestes e Olga, juntamente com os outros membros do partido, foram presos e alguns deles, torturados.

Olga, além de comunista, também era judia, nessa época a Alemanha era governada por Hitler, e voltar para lá seria muito perigoso para ela e para o bebê que estava esperando, por isso ela travou uma batalha contra o governo brasileiro para poder ter sua filha aqui e não ser deportada.

Como vingança pessoal, Getúlio a deportou para a Alemanha nazista, colocando em risco a vida dela e de sua filha.

Em 27 de novembro, de 1936, Anita Leocádia, filha de Olga nasceu. Sua avó Leocádia, mãe de Prestes fazia uma campanha enorme na Europa a favor da liberação de seu filho, de Olga e de Anita.Ela não conseguiu libertá-los, mas conseguiu fazer autoridades permitirem que Olga ficasse com a filha até ela parar de ser amamentada.

Quando Anita completou um ano e dois meses, foi retirada de Olga e sua avó ficou com a sua guarda, fato que Olga só soube muito tempo depois.

Em 1938, Olga foi levada para o Campo de concentração e em 1942, foi executada na câmara de gás com mais de 200 prisioneiros no campo de Bernburg.

Segue o link do filme completo: http://www.youtube.com/watch?v=tDS3m-hPKF0

Sabrina Melchíades Dias Nº 24

Consolidação das leis trabalhistas

 O que é ?

A CLT (consolidação das leis trabalhistas) é a legislação que “comanda” as relações individuais ou coletivas no trabalho. Seu principal objetivo é transformar as leis trabalhistas em um único padrão, utilizando em todo o país. Os chamados “coletistas”, são empregados que possuem a carteira de trabalho registrada. Além desse grupo de profissionais, existem também os empresários (pessoas jurídicas ), os autônomos e os servidores públicos estatais.

A CLT surgiu em 1942, uma consequência da criação da justiça do trabalho (1939), o ministro do trabalho Alexandre Marcondes Filho, junto ao presidente Getúlio Vargas começaram a reunir e consolidar as leis da época. No dia 1º de maio de 1943, o projeto final foi assinado.

Quais são os direitos estabelecidos?

-Distinção entre espécie do emprego às condições do trabalhador (incluindo o trabalho intelectual, técnico e manual).

-Considera-se trabalho efetivo a período em que o empregado está à disposição do empregador, aguardando ou executando ordens.

-No caso de acidente no trabalho, o período de ausência é computado junto a contagem de tempo do serviço.

-O salário será de igual valor independente do sexo.

-Descanso remunerado de até trinta dias corridos.

-Não se distingue o trabalho realizado no estabelecimento do empregador ao executado no domicílio  do empregado ou realizado a distância, desde que estejam caracterizados os pressupostos da relação de emprego.

Larissa Cristina Assolini Nº 14

Governo Getúlio Vargas

Foi um período em que diversas mudanças ocorreram na economia brasileira e, em setores como os de confecção, alimentício, industrial e agrário. Além de que se estabeleceram setores novos como o de extração mineral, materiais de transporte, etc.

Um ponto principal na industrialização do Brasil foi a criação da Companhia Siderúrgica Nacional em 1940.

Mesmo com inovações e a economia aparentemente bem, e crescendo o governo de Getúlio foi uma ditadura, com toques de recolher e entretenimento previamente analisado pelo governo, para isso era feito o uso do DIP- Departamento de Imprensa e Propaganda, que se encarregava dessa análise de tudo o que era transmitido à população.

O órgão denominado DIP foi criado no inicio do governo de Getúlio, sendo responsável por serviços como propaganda e publicidade dos ministérios, estabelecimentos e departamentos da administração pública Federal.

Suas atividades principais eram coordenar e centralizar a propaganda nacional, interna e externa, atuando como porta voz do regime de Getúlio.

Também era responsável por fazer censuras relacionadas a tetro, funções esportivas, cinema e radiodifusão, além da literatura social e política e da imprensa. E evitava para que não se divulgasse informações ao estrangeiro que pudessem ser nocivas ao país.

O Departamento de Imprensa e Propaganda possuía várias divisões para a realização de suas atividades:

A Divisão de Rádio divulgava aos ouvintes tudo o que chamasse atenção às atividades brasileiras e organizava o programa Hora do Brasil.

A Divisão de Teatro e Cinema censurava, interditava ou autorizava peças de teatro e filmes no território nacional e também promovia facilidades a empresas produtoras e distribuidores de filmes, além de ter dado origem ao Cine jornal brasileiro.

A Divisão de Imprensa era responsável pela censura à imprensa. Distribuía fotografias do presidente em colégios, clubes, repartições públicas, etc. Promovia, também, o culto a personalidade e imagens idealizadas de Getúlio.

A Divulgação do ideário estado novista fazia divulgações como a Cultura Política-Revista Mensal de Estudos Brasileiros e o principal caso de intervenção do DIP em jornais foi marcado em 1940.

Foi instalado em cada estado do País, um Departamento Estadual De Imprensa e Propaganda-DEIP- o que ampliou o poder do DIP, ainda em 1940.

O DIP foi extinto em 25 de maio e 1945, tendo começado a rui no fim da guerra, diante da crescente pressão popular.

Mariana Santos Costa Nº 19

Populismo

Populismo é uma forma de governar em que o governante utiliza de vários recursos para obter o apoio popular. O populista utiliza uma linguagem simples e conhecida, usa e abusa da propaganda pessoal, afirma não ser igual aos outros políticos, toma medidas autoritárias, não respeita os partidos políticos e instituições democráticas, diz que é capaz de resolver todos os problemas populares e possui um comportamento bem carismático. É comum encontrarmos governos populistas em países com grandes diferenças sociais e presença de pobreza e miséria. Dá-se uma importância ao povo, às classes menos favorecidas, cuida-se delas e, assim, conquista-se sua confiança o que permite que se exerça um autoritarismo, uma

dominação que não é percebida por quem é dominado.

Imagem

No Brasil o populismo começa por volta dos anos vinte e trinta,  Getúlio

Vargas se tornou o maior exemplo de populismo no

Brasil Apesar de toda a repressão exercida por ele, conseguiu ser democraticamente eleito pelo povo o que mostra sua popularidade diante das grandes massas. Seu “interesse” pelos pobres foi o que o levou a ser apelidado de “pai dos pobres”, isso dá uma dimensão do jeito populista de se governar.

Segue link de vídeo sobre populismo: https://www.youtube.com/watch?v=dif7EccOMTc

Isabelle Balbino Martins Nº 13

Censura no governo Vargas

No ano de 1937, Getúlio Vargas se torna o presidente do país, criando o Estado Novo,  que foi implantado por  Vargas sob a justificativa de uma nova ameaça de golpe comunista no Brasil, onde a política era conservadora e o regime ditatorial, com inspiração fascista, que suspendia todos os direitos políticos, abolindo os partidos e as organizações civis. O Congresso Nacional foi fechado, assim como as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais.

A censura limitava o poder de expressão da população e dos meios de comunicação, para isso foi criado o DIP, onde órgãos do governo supervisionavam e proibiam qualquer critica ao regime chegar às mãos da população.

Durante a ditadura os jovens saíram às ruas para protestar contra o governo e represálias à população e a proibição de novos partidos.  Aqueles que criticavam e se opunham ao governo Vargas eram perseguidos, presos, exilados ou mortos.

O governo de Getúlio foi uma tentativa de fazer o Brasil se tornar uma potência, seu mandato trouxe avanços em modernização industrial e investimentos em infraestrutura, porém o Estado Novo significou a falta de democracia e o descontentamento com a situação de controle levou a ditadura ao fim no ano de 1945, quando Getúlio foi deposto pelas forças armadas.

Segue vídeo sobre a Era Vargas do historiador Bóris Fausto:

 

Fontes: Wikipédia, InfoEscola, UOL Educação e Suapesquisa

Paula Daniela Soto Teodoro Nº23

Ideia da construção de Brasília e sua realização

A ideia da construção de Brasília nasceu do desejo de transferir a capital Rio de Janeiro para o interior do país, além disso o governo pretendia povoar a região.

Em 19 de setembro de 1956 foi sancionada a Lei nº 2874, que deu origem à Campanha Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). O projeto de uma nova capital teria sido retardado por décadas, até a década 1950, com a campanha eleitoral de Juscelino Kubitschek, e este tinha como um dos seus planos de governo a construção da cidade, além de chama-la de Brasília.

As primeiras obras da capital começaram em 1956, mas um plano de planejamento da cidade só teria surgido no ano de 1957, que foi o Plano Piloto, feito por Lúcio Costa, através de um concurso.

Outra pessoa importante escolhida para a construção da cidade é Oscar Niemeyer, incliído no planejamento dos prédios públicos. Ele foi escolhido por JK, que já possuia relaçoes com sua família.

Brasília custou cerca de 1 bilhão de dólares e a construção demorou quase 4 anos, mas após 3 anos a maior parte de seus principais esdifícios estava pronta.

Durante sua construção, pessoas de todo o país, especialmente nordestinos (condangos), foram contratadas.

Durante 1960, a transferência dos principais órgãos do Governo Federal foi consolidada, transferindo as sedes dos poderes legislativo, judiciário e executivo. A inauguração da cidade só teria ocorrido em 21 de abril de 1960.

Imagem 

Brasília durante sua construção.

 Imagem

A cidade durante sua inauguração

Fontes de pesquisa:

http://www.infoescola.com/historia-do-brasil/construcao-de-brasilia/

http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-foi-a-construcao-de-brasilia

 

Nome: Beatriz Blaffert, nº 05

Ditadura no Brasil

Atualmente a ditadura está quase extinta, porém ainda existem alguns países que adotam esse tipo de governo.

A Ditadura é um regime político onde os 3 poderes (legislativo, judiciário e executivo) estão nas mãos de um único grupo de pessoas, que exercem poder sobre o povo. Esse tipo de poder, é um poder autoritário (tirania).

Nesse governo, o tirano propõe as regras de acordo com suas convivências para mostrar e ter maior poder sobre um país.

No Brasil a ditadura ocorreu no início de 1964 e só foi terminar em 1985, no dia 1º de abril de 1964 aconteceu o golpe militar e com isso o Brasil estava entrando em uma nova fase da história. O Brasil viveu durante 21 anos um governo militar.

A instabilidade política durante o governo de João Goulart foi uma grande influência para que ocorresse o golpe militar. Pois havia várias ocorrências de greves e manifestações políticas e sociais. Outros fatores foram o alto custo de vida enfrentado pela população, a promessa de João Goulart em fazer a Reforma Base que consistia em mudanças radicais na agricultura, economia e educação, o medo da classe média de que o comunismo fosse implantado no Brasil e o apoio que os militares brasileiros receberam da Igreja Católica, setores conservadores, classe média e até dos Estados Unidos.

Em meio aos declínios do governo, os partidos que estavam se opondo a João Goulart o acusavam de estar planejando um golpe esquerdista e que ele era o principal responsável pelos problemas que o Brasil estava enfrentando na época. Depois disso, João Goulart resolveu fazer um grande comício para a população na Central do Brasil, onde ele defendeu as Reformas da Base, prometendo que iria realizar mudanças na educação e economia do país, para assim apaziguar a situação.

Porém os conservadores resolveram fazer um protesto pelas ruas de São Paulo onde milhares de pessoas compareceram. E a crise política e as tensões sociais só estavam aumentando, em meio a tudo isso as tropas de Minas Gerais e de São Paulo fizeram uma intervenção nas ruas para que não ocorresse uma guerra civil.

Em meio a essa situação, João Goulart saiu do país se refugiando no Uruguai, então foi ai que os militares tomaram conta do governo brasileiro. Eles criaram várias leis para o Brasil, inclusive as de cassar mandatos, suspensão de direitos políticos por dez anos e demitir, colocar em disponibilidade ou aposentar qualquer pessoa que se opusesse ao governo militar.

Além das pessoas que trabalhavam no governo, a população também teve que aceitar a repressão aos movimentos sociais e manifestações de oposição, assim como censura aos meios de comunicação, que não podiam citar nada sobre o assunto, aos artistas também.

Ocorreu o enfrentamento militar dos movimentos de guerrilha contrários ao regime militar, assim como o uso de métodos violentos, inclusive tortura, contra as pessoas contrárias ao regime e o “Milagre Econômico” onde teve um forte crescimento da econômica entre os anos de 1969 a 1973 com altos investimentos em infraestrutura, mas também com isso o aumento da dívida externa. Houve também uma intervenção grande dos EUA. VEJA O VÍDEO A SEGUIR PARA ENTENDER MAIS SOBRE O ASSUNTO:

Essa época foi marcada pela desorganização, falta de democracia, supressão de direitos constitucionais, perseguição a política e repressão a todos que se opunham ao regime militar, havia também o estado de sítio que a qualquer momento o governo podia pegar o povo na rua, para “interrogar”, com isso muitas pessoas sumiam e até hoje não se sabe do paradeiro dessas.

Ditadura Militar (1964-1985)

Ditadura Militar (1964-1985)

Bibliografia: “Livro de História”, site “sua pesquisa.com”, blog: “Futuro9″,site:” grupo escolar “e explicações da aula do professor André.

Luara Moura, nº 15

A bossa nova e a ideia de um Brasil Moderno

ImagemA revolução de 30 deu inicio as primeiras mudanças estruturais no Brasil. Uma dessas mudanças foi o industrialismo onde a lavoura perdeu espaço na economia nacional. Com isso, os cafeicultores foram as grandes prejudicadas, mas houve também um aumento na formação de uma nova classe operaria,

Durante essa “republica velha”, do governo de JK, ocorreu mudanças significativas nas relações sociais e de poder, e essas mudanças são perceptíveis na expressão cultural. Por exemplo, em São Paulo se formou uma vanguarda industrial, no Rio de Janeiro os artistas e os intelectuais aproveitaram o modernismo no Brasil para reforçar o vinculo com as rodas boemias e manifestações populares ocupando as ruas, os bares da Penha e da Lapa, o carnaval na rua, etc.

Além disso, a musica popular alcançou espaço e reconhecimento, tendo como principal estilo o samba. E ao mesmo tempo em que Bossa Nova encontrava uma geração na cidade a bola, ou seja, o futebol encantava a maioria dos brasileiros, e este teve grande importância na construção da identidade nacional brasileira. E ate nos dias de hoje, o futebol junto com o carnaval e o samba são considerados patrimônios culturais brasileiros.

O crescimento urbano foi acompanhado pelo crescimento de uma classe media, Imagemvinculada com o setor de serviços seguidos da ampliação do consumo. Um exemplo desse crescimento foi o acesso que a classe media passou a ter, em relação aos bens, como a geladeira, televisão, automóvel, etc.

Além disso, houve uma verdadeira revolução no comportamento dos jovens, por exemplo, o gosto pelo rock and. holl, nova maneira de se vestir (calça jeans, óculos escuros), o uso das lambretas.

O país vivia em um estado de euforia, pois além das conquistas econômicas no Brasil, houve também as conquistas esportivas, como a vitória da seleção brasileira no futebol na copa do mundo em 1958.  Esse momento que o país passava foi chamado de “anos dourados”.

 

Gabriela Gouvêa dos Santos, nº 12

Desenvolvimentismo econômico e o plano de metas

ImagemJuscelino Kubitschek, eleito presidente da república em 1955, após a tentativa de golpe da UDN (União Democrática Nacional) e dos militares, JK rapidamente colocou o plano de metas e a construção de Brasília.

O plano ou programa de metas (31 metas), tinha como principal objetivo o desenvolvimento econômico do Brasil, ou seja, um conjunto de medidas que  atingiria  o desenvolvimento econômico de vários setores.

Para JK e seu governo, o Brasil diminuiria a desigualdade social, gerando riquezas e desenvolvendo a industrialização, consequentemente, fortalecendo a economia. Assim, lançou o Plano de Metas: “ O Brasil iria desenvolver 50 anos em 5”.

Para ampliar o desenvolvimento econômico, JK considerava necessária uma intervenção maior do Estado  da Economia, priorizando então, a entrada de capitais estrangeiros, como a indústria automobilística.

ImagemPortanto, tais mudanças empreendidas por JK ocasionou a acentuação da industrialização  do país  com o aumento do Produto Interno Bruto (PIB) anual em 7%, mas não superando a inflação de dívida externa. A industrialização do país se efetivou basicamente na região sudeste, destacando neste momento a grande migração nordestina para esta região.

 

Daniele Saori S. Goda, nº 08

Biografia de Oscar Niemeyer

ImagemOscar Niemeyer (15 de Dezembro de 1907, RJ), foi um famoso arquiteto brasileiro, formado em 1935 pela escola de Belas-Artes da universidade do Brasil.Um dos arquitetos do ministério da saúde e educação do RJ e do pavilhão mundial da feira de Nova Yorkina, sendo um dos dez arquitetos, incumbidos do projeto da sede, das nações unidas, também em Nova York, em 1947. Projetou um grupo de construções num subúrbio em BH, bancos e edifícios em varias cidades. Dirigiu o planejamento geral de Brasília, tendo praticamente uma exposição a céu aberto na capital federal do Brasil. Seu nome esteve em evidência 1967, quando a aeronáutica recusou seu projeto de aeroporto internacional para supersônicos, em Brasília. Também em 1967, ganhou o prêmio Benito Soarez Filho. Com mais de 80 anos de carreira, Oscar Niemeyer deixa mais de 500 projetos pontos e um grande legado de projeto 100% completos para serem erguidos, ao falecer em 05  de Dezembro de 2012, com 104 anos de idade, devido a uma infecção respiratória.

Lucas Henrique da Costa, nº 16